Enfarte.com

Informações sobre o enfarte, conhecido popularmente como ataque cardíaco.

Get it on Google Play

Glossário do Enfarte

aneurisma: dilatação localizada da parede de um vaso sanguíneo e que pode afectar quer as artérias quer as veias. aneurisma cardíaco sintomático: aneurisma que devido ao seu tamanho ou localização dá lugar a uma série de sintomas. aneurisma dissecante da aorta: dilatação localizada da artéria aorta. aneurisma ventricular: dilatação da parede do coração. angina de peito: dor torácica devida a isque­mia miocárdica. angina de peito de pequeno ou mediano esforço: dor torácica devida a isquemia miocárdica, desencadeando-se com esforços de pequena intensidade. angina de peito estável: angina de peito que se desencadeia sempre com esforços de igual intensidade, ou sempre perante condições ambientais parecidas. angina de peito instável: angina de peito de recente aparição e rebelde ao tratamento médico; ou agravamento de uma angina de peito estável; ou angina de peito aparecendo em repouso. angina de peito pós-enfarte de miocárdio: angina de peito aparecendo após um enfarte de miocárdio. angina de Prinzmetal: angina de peito aparecendo em consequência de um espas­mo ou estreitamento brusco de uma das artérias coronárias. angina vasoespástica: ver angina de Prinzmetal. angioplastia coronária: dilatação, mediante um balão insuflável introduzido dentro da artéria coronária, da zona estenosada. angioplastia do cálcio: medicamentos empre­gados sobretudo no tratamento da angina de peito vasoespástica. antiagregantes plaquetários: medicamentos utilizados para a doença coronária impedin­do a formação de trombos ou coágulos. antiarrítmicos: medicamentos empregados no tratamento dos distúrbios do ritmo cardíaco. __ anticoagulantes:__ medicamentos impedindo a coagulação do sangue. arritmias: distúrbios do ritmo cardíaco. __ artéria:__ vaso sanguíneo encarregado de trans­portar o sangue do coração aos órgãos e tecidos. artéria aorta: é a artéria mais importante do organismo; encarrega-se de recolher todo o sangue saindo do coração a cada pulsação. artéria circunflexa: é uma das artérias coronárias principais. artéria descendente anterior: é uma das artérias coronárias principais. artérias coronárias: são as encarregadas de levar sangue-oxigénio ao coração.arteriosclerose: endurecimento normal das artérias devido à idade. arterite: inflamação de uma artéria. arterite reumatóide: doença caracterizando­-se principalmente pela inflamação de várias articulações e podendo afectar, além disso, outros órgãos ou sistemas. aterosclerose: formação de uma placa de ateroma no interior das artérias. aurículas: câmaras do coração encarregadas de recolher o sangue chegando pelas veias. betabloqueantes: medicamentos utilizados no tratamento da doença coronária. bloqueio auriculoventricular: ausência ou atraso na condução do estímulo eléctrico que, procedente do nó sinusal, põe em marcha a contracção do coração. bloqueio de ramo: ausência ou atraso de condução do estímulo eléctrico através de um dos ramos do tecido especializado na condução (ramo direito e ramo esquerdo do feixe de Ris). bloqueio fascicular: ver bloqueio de ramo. __ bradiarritmias__: distúrbios do ritmo cardíaco caracterizando-se por uma frequência cardíaca lenta. bradicardia sinusal: frequência cardíaca lenta devido ao nó sinusal emitir poucos impulsos por minuto. by-pass aortocoronário: ponte venosa ou ar­terial estabelecendo-se entre a artéria aorta e a zona sã de uma artéria coronária, a fim de transpor o obstáculo de uma placa de ateroma. capilares: vasos sanguíneos mais pequenos. cateter: tubo de pequeno calibre especial­mente desenhado para a sua introdução no interior dos vasos sanguíneos. Permite a administração de sons, a prática de coro­nariografias, a medição de pressões dentro dos vasos sanguíneos e coração, etc. choque cardiogénico: fracasso da circulação do sangue devido a um fracasso na função do coração. circulação colateral: circulação auxiliar ou de emergência. cifculação pulmonar: sistema arterial e venoso pulmonar. coágulo: solidificação do sangue. coágulo intercardíaco: coágulo no interior de uma das câmaras do coração. colesterol: fracção especial das gorduras do sangue. corda tendinosa: ver__ músculo papilar__. __ coronariografia__: radiografia das artérias coronárias. CPK: ver__ creatina-fosfoquinasa__. CPK-MB: CPK que se encontra no interior das células do miocárdio. creatina-fosfoquinasa (CPK): substância que se encontra no interior das células mus­culares. derrame pericárdico: líquido no interior do pericárdio. desfribrilador: instrumento capaz de gerar descargas eléctricas de diferentes intensi­dades e que se utiliza no tratamento de arritmias potencialmente mortais. diabetis mellitus: doença caracterizando-se por um aumento dos níveis de glicose no sangue. dispneia: sensação subjectiva de falta de ar. __ doença coronária__: sob este termo agrupam­-se todas as doenças afectando as artérias coronárias; a mais frequente é a ateros­clorose coronária, dando lugar aos sintomas próprios da cardiopatia isquémica, como, por exemplo, a angina de peito. ECG: electrocardiograma. ecocardiografia: ecografia ou estudo mediante ultra-sons do coração. edema agudo do pulmão: acumulação de sangue nos pulmões devido a um incorrecto funcionamento do coração.__ electrocardiografia de Bolter__: registo con­tínuo de um ECG através de 24 horas ou maIS. electrocardiografia transtelefónica: registo de um ECG através do telefone, mediante uns instrumentos especiais. electrocardiograma: registo gráfico de actividade eléctrica do coração. embolismo coronári__o: obstrução brusca de uma artéria coronária por um êmbolo ou corpo estranho que é normalmente um trombo ou coágulo. __embolismo pulmonar: obstrução brusca de uma ou várias artérias pulmonares por um êmbolo, geralmente coágulo ou trombo. endocárdio: cobertura de células forrando interiormente o coração. endocardite infecciosa: infecção da cobertura interna do coração. endotélio vascular: cobertura interior dos vasos sanguíneos. enfarte de miocárdio: necrose ou morte de uma zona do coração por falta de irrigação sanguínea. enfarte de miocárdio não complicado: enfarte de miocárdio decorrendo sem as complicações indicadas no capítulo corres­pondente a complicações do enfarte de miocárdio. enfarte de miocárdio não transmural: enfarte que não afecta toda a espessura do miocárdio. enfarte pulmonar: necrose ou morte de uma zona do pulmão devida à falta da vinda do sangue à mesma. enzimas: substâncias proteicas que se encon­tram no interior das células e servem de reguladores das reacções intracelulares necessárias à vida. espasmo arterial: contracção brusca do revestimento muscular das artérias dando lugar a um estreitamento das mesmas. __ espasmo coronário__: ver angina de Prinz­metal. estenose: estreitamento. extra-sÍstoles: pulsações antecipadas apare­cendo como consequência de impulsos protegidos por focos ectópicos ou focos diferentes do nó sinusal. extra-sÍstoles auriculares: pulsações anteci­padas cuja fonte originária se encontra nas aurículas (foco ectópico auricular). feixe de Bis: estrutura especializada da con­dução no interior do coração. fibrilação auricular: taquiarritmia auricular. __ fibrilação ventricular__: taquiarritmia ventricu­lar muito grave. foco ectópico: foco capaz de gerar impulsos eléctricos por sua vez estimulando a contracção cardíaca. São responsáveis por extra-sístoles e outro tipo de taquiarritmias. gamagrafia cardíaca: método de diagnóstico das doenças do coração. GOT: ver__ transaminasa glutâmico-oxalicética.__ HDL: fracção de gorduras do sangue. hematias: glóbulos vermelhos. hemorragia: derrame sanguíneo. heparina: substância anticoagulante. hipercolesterolemia: aumento da quantidade de colesterol no sangue. hiperglicemia: aumento de quantidade de glicose no sangue. hipertensão: aumento dos níveis de tensão arterial acima de 159/95 mmHg. hipertiroidismo: doença caracterizada por um aumento de actividade das hormonas tiroideias. hiperuricemia: aumento dos níveis de ácido úrico no sangue. hipotenso__r: agente de qualquer natureza que diminua a tensão. __insuficiência cardíaca: incapacidade do coração para manter a sua função dentro dos níveis normais de actividade. isótopos radioactivos: substâncias empregues nas gamagrafias cardíacas. As doses utilizadas em tais exames não comportam nenhum perigo. isquemia: falta de recebimento de sangue. lactodesidrogenasa (LHD): enzima utilizado para o diagnóstico do enfarte do miocárdio. LDH: lactodesidrogenasa. LDL: fracção das gorduras do sangue. leucócitos: glóbulos brancos. lípidos: gorduras. lipoproteínas: proteínas transportadas de gorduras no interior do sangue. lipotimia: perda de conhecimento por défice momentâneo de abastecimento de sangue ao cérebro. miocárdio: músculo cardíaco. músculo papilar: músculo responsável pelo correcto funcionamento das válvulas auriculoventriculares. necrose: morte. nitratos: medicamentos utilizados no trata­mento das doenças coronárias. nitroglicerina: medicamento utilizado no tratamento das doenças coronárias. nó auriculoventricular: estrutura especializada na condução do impulso cardíaco, situado entre as aurículas e os ventrículos. nódulo sinusal: em condições normais é o gerador dos impulsos eléctricos fazendo que o coração se mova ritmicamente. nó sinusal: ver__ nódulo sinusal__. onda P: actividade eléctrica das aurículas que se regista no ECG. onda QRS: actividade eléctrica dos ventrículos registada pela ECG. onda T: registo da recuperação dos ventrÍCulos após a contracção no ECG. P: ver onda P. pace-maker: instrumento colocado no organismo, capaz de gerar impulsos eléctricos periódicos e utilizado principalmente no tratamento das bradiarritmias. pericárdio: revestimento externo do coração. pericardite: inflamação do pericárdio.pirofosfato do tecnécio 99: isótopo radioactivo empregue num tipo de gamagrafias cardíacas. placa de ateroma: tecido de lípidos, plaquetas e outro tipo de substâncias, situando-se dentro das artérias e condicionando o seu estreitamento ou estenose. prolapso valvular mitral: distúrbio habitualmente leve da válvula mitral, consistindo numa deslocação das folhas ou valvas da dita válvula para as aurículas durante a sístole ventricular. proteínas: substâncias compostas por aminoácidos e que possuem múltiplas funções no organismo vivo, como a de suporte das estruturas ou a enzimática. prova de esforço: método diagnóstico consistente no registo de um ECG durante um espaço predeterminado. psicoterapia: modalidade de tratamento consistente no apoio psicológico. QRS: veja-se onda QRS. radiografia: fotografia de estruturas internas. síndroma de Dressler: pleuropericardite pós-enfarte de miocárdio. sistema imunitário: sistema de defesa do corpo humano face às agressões externas do tipo infeccioso. stress: tensão emocional. T: veja-se__ onda T__. tabique interventricular: tabique muscular separando os ventrículos direito e esquerdo. tálio 201: isótopo radioactivo utilizado num tipo de gamagrafias cardíacas. taquiarritmia: arritmia caracterizando-se por uma frequência cardíaca rápida. taquiarritmia sinusal: o nó sinusal envia mais impulsos que os considerados normais. taquiarritmia supraventricular: ritmos rápidos de origem auricular ou no nó auriculoventricular. taquiarritmia ventricular: arritmias rápidas originadas nos ventrículos. taquicardia: ritmos rápidos mas regulares e que podem ser de origem auricular, sinusal, ventricular, etc. tensão arterial: pressões a que se encontra o sangue no interior das artérias. transaminasa glutâmico-oxialacética: enzima que se eleva tardiamente após um enfarte de miocárdio. triglicéridos: fracção de gorduras do sangue. trombo: coágulo de sangue. tromboembolismo pulmonar: veja-se embolismo pulmonar. trombólise: destruição de um trombo ou coágulo. trombolíticos: substâncias capazes de destruir um trombo. trombose: formação de vários trombos. unidade coronária: unidade especializada no tratamento da cardiografia isquémica e de todas as suas complicações. válvula aórtica: válvula que separa a aorta do ventrículo esquerdo. válvula mitral: válvula que separa o ventrículo e a aurícula esquerda. válvula pulmonar: válvula que separa o ventrículo direito da artéria pulmonar. válvula tricúspide: válvula que separa a aurícula direita do ventrículo direito. vasodilatadores: substâncias que se empregam no tratamento da doença coronária. velocidade de sedimentação globular: índice utilizado para a detecção de processos inflamatórios no organismo. ventrículos: câmaras cardíacas encarregadas de impelir o sangue do coração para as artérias. VLDL: fracção das gorduras do sangue. zona acinética: zona que não se move. zona hipocinética: zona que possui um mo­vimento limitado.


Baixe nosso aplicativo no Google Play:

Get it on Google Play